Segmento de Beleza e Cosméticos cresce com planejamento multicanal

escrito por Última atualização: 21 fevereiro, 2019
Segmento de Beleza e Cosméticos cresce com planejamento multicanal

Você já comprou algum artigo da categoria Beleza e Cosméticos em lojas virtuais?

E via mobile?

Uma pesquisa divulgada pelo portal No Varejo informou que as vendas mobile apresentaram crescimento de 70% no primeiro semestre no Brasil.

Os smartphones são os principais dispositivos  para visitar as lojas online: 83% das compras foram realizadas em um desses aparelhos.

Entre as categorias que mais geram volume, podemos destacar o o sgmento de beleza e cosméticos: 32% das compras destes itens são realizadas em ambiente virtual.

As principais empresas do segmento têm que se adaptar e se atualizar estrategicamente de forma constante.

De acordo com Roberto Oliveira Lima, diretor-presidente da Natura, não basta que a empresa esteja presente nas prateleiras: é preciso oferecer uma experiência contínua ao shopper.

A empresa sempre foi conhecida pela venda direta, mas, a partir de 2013, começou a repensar este modelo. O redirecionamento da presença dos produtos da Natura refletiu no planejamento de toda a companhia.

PLANEJAMENTO MULTINACAL É EXIGÊNCIA PARA BELEZA E COSMÉTICOS

A primeira loja física da Natura foi inaugurada em abril de 2016. Para ingressar em farmácias, a escolhida foi a linha SOU. A empresa constatou que essa iniciativa permitiu o acesso de novos públicos aos produtos.

O consumo consciente é o principal apelo da linha, que passou a estar presente nas 1300 lojas do grupo Raia Drogasil.

O objetivo agora é manter a essência da marca com as novas estratégias e o planejamento multicanais. 

EMBELLEZE TAMBÉM CONSOLIDA ESTRATÉGIA OMNICHANNEL

 A Embelleze também passou adotou um reposicionamento para atuar em mais de um canal. 

O Clube conversou com a gerente nacional de trade marketing - sell out da empresa, Fernanda Zangrando, para entender como a marca desenhou essa estratégia. 

Ela explicou como a marca é preparada para se manter competitiva em diferentes pontos de venda. Zangrando também detalhou a importância da presença dos produtos em hipermercados.

Outro ponto importante que a gerente de trade ressaltou é a necessidade de treinamentos e de uma equipe em sintonia com os lançamentos (que ocorrem com muita frequência).

E já que falamos em hipermercados com a estratégia da Embelleze, você já conferiu o post sobre os diferentes formatos do Carrefour? Vale a pena a leitura!


[ebook] o futuro do e-commerce é offilne

[eBook] O Futuro do E-commerce é OFFLINE

Uma revolução na decisão do shopper vai reformular o e-commerce

Deixe seu comentário