Descubra: 12 vantagens de uma tecnologia de trade marketing

escrito por Arielli Secco Última atualização: 21 janeiro, 2020
Descubra: 12 vantagens de uma tecnologia de trade marketing

O primeiro passo para se destacar no mercado e manter uma cultura baseada na performance do produto é estruturar uma área de trade marketing. Porém, não é preciso ser nenhum especialista para entender que isso não é o suficiente para garantir bons resultados nos pontos de venda.

Você pode ter uma equipe de ponta, com profissionais excelentes e estratégias muito bem arquitetadas com base em pesquisas de mercado e informações do shopper. No momento de colocar as ações em prática, tudo pode mudar. Quer exemplos?

Seu concorrente pode iniciar uma ação inovadora, ou a performance de vendas do seu produto pode surpreender a equipe (para mais ou para menos). Ou ainda: você tem provas reais de que a equipe de campo está conseguindo seguir na execução o que foi planejado no back-office?

Vamos mostrar nesta publicação por quê a sua operação de trade marketing vai aumentar muito os resultados com a aquisição de uma tecnologia.

CUSTO OU INVESTIMENTO?

Um ponto comum a qualquer operação de trade marketing é que uma tecnologia deve ser avaliada como investimento. Os ganhos proporcionados por essa decisão virão a longo prazo e certamente compensarão o valor dedicado à implantação.

Valores e tipos de plataformas devem ser avaliados de acordo com as particularidades de cada operação. Priorize uma solução que seja focada em trade marketing. Recursos específicos vão beneficiar todas as etapas do planejamento, de acordo com as especificidades da rotina de uma equipe de trade.

Quer um exemplo? Vamos responder no próximo tópico deste texto.

RECURSOS INDISPENSÁVEIS

Pense na dinâmica do trabalho da sua equipe de campo. Não é qualquer software de trade marketing que pode atender e satisfazer as demandas diárias. 

Além da parte de gestão e comunicação com a equipe, faz-se necessárias funções que atendam a parte analítica e favoreçam a inteligência dos dados para análises concretas do back-office.

Pensando nisso, fizemos uma lista com tudo o que você precisa para garantir um trabalho completo de trade marketing. A lista foi inspirada nos recursos oferecidos por uma das mais completas soluções de trade marketing do mercado, o Involves Stage:

  • Roteirização da equipe
  • Agendamento de tarefas
  • Comprovação de visitas
  • Acompanhamento de metas
  • Acompanhamento de clima organizacional
  • Comunicação da equipe via chat
  • Dashboards online
  • Comparação de roteiros planejados e roteiros executados
  • Controle de jornada com ponto eletrônico
  • Alertas para área comercial e outros decisores
  • Localização da equipe em tempo real
  • Formulários dinâmicos para coleta de dados em campo
  • Planogramas e manuais
  • Timeline
  • Auditorias de estoques virtuais e rupturas

Como tudo isso pode contribuir para o trade marketing na prática?

É o que vamos responder a seguir.

AS 12 VANTAGENS DE UMA TECNOLOGIA DE TRADE MARKETING

Analisamos casos de clientes da Involves que implantaram o Involves Stage, plataforma dedicada à gestão de trade marketing e acompanhamento de equipes de campo em tempo real, e chegamos a uma lista de, pelo menos, 12 pontos que vão melhorar quando você passar a contar com uma tecnologia de trade marketing.

São eles:

1. Monitorar e evoluir indicadores de resultados

Informações são o coração de qualquer operação de trade marketing. O importante, porém, é garantir que elas sejam acompanhadas com agilidade e com precisão. Se você ainda pratica isso à moda antiga, com planilhas e relatórios manuais, está perdendo tempo.

2. Aumentar a presença nos pontos de venda

Receber informações da performance do seu produto em cada canal de venda vai inspirar insights focados em melhorar isso cada vez mais.

3. Melhorar o desempenho da equipe de campo

Sem uma ferramenta efetiva de comunicação, é difícil manter a proximidade com os promotores. Outro fator importante é o rendimento: ter noção do quanto cada colaborador contribui com os resultados possibilita o reconhecimento e o destaque de alguns integrantes como inspiração para os demais.

4. Mensurar ações nos pontos de venda

O que é realmente efetivo para o seu produto no ponto de venda e o que não funciona? Responder isso a partir do feeling não é uma prática eficiente. Quem atua com trade marketing sabe que o comportamento do shopper muda a todo momento. A única forma de descobrir os efeitos verdadeiros das suas ações é acompanhar isso de perto.

5. Conhecer a situação real do seu produto no ponto de venda

A equipe tem um planograma traçado e um guia de execução definido para os pontos de venda. Mas isso está sendo posto em prática? Com fotografias em tempo real, será possível responder essa questão sem nenhum equívoco.

6. Manter padrões de execução

Dispor de uma tecnologia em campo permitirá aos promotores ter sempre à mão smartphones com todas as informações necessárias para executarem as tarefas. Isso dispensará a necessidade de levar qualquer material impresso nas visitas à campo.

7. Tomar conhecimento das ações da concorrência nos pontos de venda

Ao se deparar com uma ação de um concorrente, o promotor terá todos os recursos necessários para reportar a situação imediatamente ao supervisor ou ao coordenador. É possível, inclusive, enviar fotos.

8. Impedir manipulação de imagens e informações reportadas

As imagens que comprovam check-in e check-out de um promotor na loja devem ser tiradas presencialmente. Não existe a possibilidade de utilizar uma foto do arquivo do aparelho celular.

9. Combater a ruptura

O promotor pode gerar alertas instantâneos de ruptura quando encontrar algum conflito de abastecimento nas gôndolas. Diante disso, torna-se viável a tomada de decisão e a reversão da falta de produto com agilidade. Em vez de perder vendas com um produto que ficaria em falta por alguns dias, você poderá fazer a reposição em um prazo muito menor.

10. Monitorar a situação de cada ponto de venda

​Com uma melhor organização dos dados, existe a possibilidade de monitorar o desempenho das vendas em cada loja. Isso fortalece a estratégia por canais e permite o planejamento de ações direcionadas a cada tipo de PDV.

11. Manter o mix de produto ideal

Você vai ter todo o embasamento necessário para identificar oportunidades em cada canal. Selecionar os produtos de acordo com perfis de loja e expectativas de compra do shopper será um ganho real possibilitado pelas informações coletadas em campo.

12. Aumentar o faturamento

Por último, mas não menos importante, aumentar o faturamento é a consequência de todos os pontos elencados até aqui. Você vai acertar nas ações, vai tomar a decisão no tempo certo, conseguirá motivar mais a equipe reconhecendo o desempenho, vai aumentar o share no ponto de venda, vai ter informações corretas sobre a performance dos seus produtos e saber exatamente o quanto investe em cada PDV e o quanto tem de retorno sobre isso.

EXECUÇÃO PERFEITA

Agora, tenho certeza de que você já percebeu o valor da tecnologia e da agilidade da informação para o sucesso do seu trade marketing. 

Planejar é uma etapa importante. Manter-se atualizado sobre tendências e sobre shopper marketing é essencial. Mas de nada isso vai adiantar sem a visão do que acontece quando a sua equipe de campo está atuando. Então, este é o momento de buscar a execução perfeita!

Quer entender como o Involves Stage funciona? Clique abaixo e agende uma demonstração gratuita da plataforma.

Deixe seu comentário