Blog

Do depósito até a gôndola: problemas em supermercados que podem atrapalhar as vendas

Vamos continuar a nossa série de problemas em supermercados que podem atrapalhar as suas vendas. Nesse segundo conteúdo (se você não leu o primeiro, clique aqui) chegou a hora de falar sobre situações que acontecem do depósito da loja até chegar à gôndola. E para ver a terceira etapa, que vai da gôndola até a cestinha dos shoppers, clique aqui

Esse é o momento em que repositores (ou promotores) levam os itens do depósito para as gôndolas do supermercado. O processo de abastecimento ocorre muitas vezes ao longo do dia, de acordo com a frequência com que os SKUs vão girando nas gôndolas. Cada rede tem mecanismos de organização e priorização. Porém, não é incomum encontrar situações de urgência, em que as equipes de repositores precisam correr para garantir o abastecimento. 

Por se tratar de uma tarefa muito dinâmica e que requer velocidade, muitas vezes as redes não têm um controle exato do que sai do depósito e vai para as gôndolas, provocando uma série de falhas de execução. 

Quais problemas no supermercado que surgem nessa etapa? 

Lembre-se: no final do conteúdo apresentamos uma solução para combater esses problemas com recursos de inteligência artificial!

Vamos aos 7 problemas em supermercados: do depósito até a gôndola:

1. DEPÓSITO BAGUNÇADO

Como o depósito é utilizado por pessoas diferentes, inclusive terceiros, como é o caso de promotores, pode ser difícil manter um nível de organização. Isso faz com que seja complexo localizar produtos para reposição na gôndola.  

2. FALTA DE ESPAÇO EM LOJA

Esse obstáculo ocorre principalmente com itens sazonais, ou recém-saídos de promoção, que não tiveram a venda esperada. Com isso, a loja precisa  priorizar outra categoria ou SKU e retirar ou diminuir a exposição de outros produtos. Isso pode ocasionar perdas no depósito ou até a sua remoção completa da gôndola.  

3. LOJA OPTA POR NÃO EXPOR O PRODUTO

Pode parecer estranho, mas há casos em que a própria loja opta por não expor um determinado produto. Isso pode acontecer (mas essa não é uma regra) principalmente com SKUS manipulados perecíveis, aqueles que têm sua validade reduzida quando a embalagem de embarque é aberta. Por isso, é normal que a loja espere o giro de determinada marca ou SKU antes de fracionar algo que já está no depósito da loja. 

4. SKU ESTÁ “PARA TROCA”

Por lei, cada vez que um SKU vence, ele deve ser retirado da gôndola. Em algumas categorias existem critérios de qualidade que podem fazer um SKU sair da área de venda, além do vencimento. Enquanto a loja não registrar essa troca no sistema, o Centro de Distribuição possivelmente não enviará uma nova carga deste SKU e a gôndola ficará desabastecida até isso ser regularizado.   

5. SKUS ESCONDIDOS OU PERDIDOS EM CAIXAS FALSAS

Imagine que determinado SKU estava exposto em um ponto extra e seu período promocional acabou. Nesse caso, a loja teve que retornar o volume excedente para o depósito e os SKUs foram armazenados em uma caixa diferente da original. Isso é o suficiente para fazer com que a equipe de reposição tenha dificuldades ao tentar localizar esse SKU da próxima vez que ele precisar ser reabastecido na gôndola.

6. SKU NOVO NO MIX

O cadastro de novos SKUS no mix da loja é muito dinâmico: toda a semana há uma novidade (lançamentos, embalagens promocionais, atualizações, entre outros fatores). Isso se torna um problema, afinal, nem a equipe de reposição, nem os promotores, tem como saber o mix da loja de cabeça, o que pode fazer com que um SKU novo no depósito não seja procurado de forma ativa. 

7. REPOSITOR NÃO SABE A ÚLTIMA ENTRADA DO SKU

Imagine que há muito tempo a loja não recebe um determinado SKU. Isso pode acontecer porque a indústria estava com problemas para produzi-lo, por exemplo. Mas, essa situação foi regularizada e o item voltou a ser distribuído pelo CD. Como a loja não recebe há muito tempo, ninguém da equipe de reposição buscou o SKU ativamente e ele ficou parado no depósito sem estar corretamente exposto na área de vendas. 

 

COMO SOLUCIONAR OS 7 PROBLEMAS EM SUPERMERCADOS, DO DEPÓSITO ATÉ A GÔNDOLA?

Para combater os 7 problemas em supermercados  que acabamos de listar, a tecnologia pode ser uma grande aliada.

Com recursos de inteligência artificial, como é o caso do Involves Doors, é possível identificar possíveis rupturas ou problemas na disposição dos SKUs no PDV, aumentando de 0,5% a 2% as vendas diárias dos varejistas.

O progresso da execução é atualizado em tempo real, dando visibilidade sobre a produtividade do time. A ferramenta detecta diariamente comportamentos fora do padrão em cada SKU e dispara alertas automáticos para que a equipe de reposição verifique os produtos e resolva o problema o mais rápido possível.

Confira também:

 

 

Otávio Senna

Head de produtos de varejo da Involves

Share
Publicado por
Otávio Senna

Posts recentes

Quiz: descubra se você é expert na operação do seu supermercado

O Involves Doors vai te ajudar a descobrir se você é expert na operação do…

3 semanas atrás

Veja 7 problemas nas gôndolas dos supermercados: como evitá-los?

Chegamos à última etapa da nossa série e agora vamos entender os 7 problemas nas…

2 meses atrás

[Webinar] A experiência da Café Rancheiro com Reconhecimento por Imagem

Você já pensou conseguir acompanhar os indicadores da sua operação de trade marketing com confiança…

2 meses atrás

6 problemas mais comuns em supermercados: do Centro de Distribuição ao depósito da loja

Você sabe quais os 6 problemas mais comuns em supermercados levando em consideração o trajeto…

3 meses atrás

Involves recebe selo do Promotion Optimization Institute como líder global

A premiação 2021 RetX Badge of Excellence, resultado do POI RetX Vendor Panorama que reúne…

4 meses atrás

Quiz de inteligência artificial no trade marketing: teste seus conhecimentos

Quer testar seus conhecimentos em Inteligência Artificial no trade marketing? A tecnologia já faz parte do…

4 meses atrás