Como controlar o ponto eletrônico no celular?

escrito por Eduardo Silva Última atualização: 11 novembro, 2019
Como controlar o ponto eletrônico no celular?

Controlar o ponto eletrônico de um profissional externo não é uma das tarefas mais simples dentro de uma empresa. É uma decisão que depende de muitos fatores que estão além do comando verbal e da confiança no colaborador.

A verdade é que sem o registro do ponto é impossível fiscalizar ou aferir o trabalho realizado dentro de uma jornada. É o que orienta o Art. 74, da CLT brasileira: “Para os estabelecimentos de mais de dez trabalhadores será obrigatória a anotação da hora de entrada e de saída, em registro manual, mecânico ou eletrônico, conforme instruções a serem expedidas pelo Ministério do Trabalho, devendo haver pré-assinalação do período de repouso.”

A jornada de trabalho é o espaço de tempo no qual o colaborador deverá prestar serviço ou permanecer à disposição do empregador. Segundo a lei trabalhista, a jornada deve ter no máximo 8 horas por dia e 44 horas por semana, salvo algumas profissões, como a de professor. Tudo o que ultrapassar este limite será considerado hora extra.

As dores de cabeça quando falamos em ponto e jornada:

Alguns problemas são muito comuns no dia a dia. É preciso estar atento, pois qualquer deslize pode se tornar uma complicação para a empresa ou para o funcionário.

Você já deve ter se deparado com:

  • Anotações repetitivas e coincidentes com o horário exato da jornada de trabalho no registro de ponto manual;
  • Esquecimentos das batidas de ponto: o empregado que sofrer qualquer acidente sem ter o registro de ponto, pode trazer sérios problemas para a empresa;
  • O intervalo do almoço: caso aconteça o fato de um empregado almoçar em meia hora e marcar uma hora de intervalo, por sua própria vontade ou por ordem dos superiores, o procedimento pode ser facilmente anulado se houver uma reclamação trabalhista;
  • A não exatidão das batidas pontuais: lembre-se que a prova testemunhal pode derrubar a documental num processo trabalhista. Com testemunhas é mais simples provar que a empresa estava agindo de forma incorreta;
  • A assinatura do ponto ao fim de cada mês: se o colaborador não assinar a validação do ponto não há comprovação de sua jornada de trabalho;
  • A manipulação de horários pode provocar problemas legais mesmo que tenha deles total colaboração para eventuais horas extras que possam ser usadas para folgas posteriores.
  • Controlar o ponto é obrigação do colaborador. Se não houver registro de ponto e o empregado reclamar horas extras, ele terá a razão judicial, mesmo que não tenha feito as horas reclamadas;

A solução

Se já é difícil manter o ponto dos colaboradores internos, imagine então de uma equipe externa. Os problemas se multiplicam e você está ainda mais distante do empregado.

O mercado já oferece tecnologias que atendem essa necessidade.

O Agile Promoter, software especializado em gestão e monitoramento de trade marketing, é um exemplo. O ponto eletrônico é mais uma dentre tantas funcionalidades. Com ele, é possível permitir que os colaboradores batam o ponto no início de sua jornada por meio do aplicativo de trade marketing via celular.

Além do registro dos pontos dos colaboradores, o Agile Promoter possibilita a exportação de todas as informações registradas para o sistema de RH de sua preferência. Desta forma, você não perde seus dados e ainda ganha tempo para pensar no próximo passo de sua operação.

Por que adotar o ponto eletrônico no celular?

Para garantir o desempenho desejado da equipe é preciso estabelecer controles eficientes. O ponto eletrônico no celular do colaborador torna mais fácil a gestão de horas extras e banco de hora.

Outro fator importante é a comunicação constante. Isso evita inconsistência na marcação rotineira do ponto e ainda contribui com o dimensionamento da carga horária no ponto de venda.

Para Daiana Couto, analista de marketing do Laboratório Saúde Ltda., que utiliza a funcionalidade, o controle dos registros é imprescindível para a segurança da informação.

“O Laboratório Saúde obteve o retorno esperado em relação ao controle da jornada de trabalho da sua equipe de Trade Marketing. Outro fator relevante é a facilidade da importação dos registros para a plataforma da ADP, unificando colaboradores internos e externos”, explicou a analista.

100% legal e seguro

A Involves, responsável pelo desenvolvimento do Agile Promoter, realizou uma consultoria jurídica em que todos os cenários possíveis foram testados com o objetivo de garantir os direitos do empregado e do empregador.

A utilização do ponto eletrônico é entendida pela legislação como um sistema alternativo de controle da jornada de trabalho, conforme previsto na Portaria 373/2011 do MTE. Para isso, é necessário haver prévia comunicação por Convenção ou Acordo Coletivo de Trabalho.

Thiago Schütz, advogado especialista em questões trabalhistas, assegura o uso do Agile Promoter amparado por questões legais. 

“A portaria 373 exige que não haja a necessidade de autorização para bater o ponto, que os dados não possam ser alterados e que não tenha qualquer batimento automático. E o Agile Promoter cumpre exatamente estes requisitos. Como o Agile utiliza tal portaria, é dispensado da homologação do Ministério do Trabalho. A exigência da homologação vale somente para a portaria 1510. Portanto, as empresas podem usá-lo com segurança e tranquilidade”, detalha Thiago.

Como o registro do ponto eletrônico no Agile Promoter é efetuado via celular ou smartphone, não existe a necessidade de uma máquina ser utilizada para registrar o ponto eletrônico (as REPs). O próprio sistema do aplicativo de trade marketing já realiza a operação de forma independente, segura e com 100% de legalidade.

Já sei que devo usar, é legal e seguro, mas como funciona?

O Ponto Eletrônico do Agile Promoter é similar ao cartão ponto tradicional: o colaborador deve iniciar seu ponto quando começa seu horário de trabalho e finalizar seu ponto quando encerrar sua jornada.

É possível registrar quantas entradas e saídas forem necessárias durante o dia (exemplos: intervalos para o almoço, assuntos pessoais).

É importante ressaltar que não há nenhuma restrição ou bloqueio de horário. Afinal, só assim é possível a validação jurídica. E não há nenhum processo de aprovação de horas extras, também necessário para validade jurídica. Os registros de ponto são invioláveis. Portanto, é fundamental que a equipe seja orientada e monitorada para utilizar corretamente o ponto eletrônico.

Como funciona o Ponto Eletrônico

ponto eletrônico equipes externas ponto eletrônico equipes externas ponto eletrônico equipes externas

Processamento de dados

Como dito anteriormente, o Agile Promoter permite a exportação das marcações de ponto para ser importada em seu sistema de RH preferido para que seja feita a gestão desses registros de ponto.

Você sabia que é possível solicitar ao seu fornecedor do sistema de RH o cadastro de um novo layout de importação de batidas de ponto? O Agile Promoter exporta arquivos txt em um layout com todas as informações necessárias para o seu relatório de ponto. 

As informações são: número de matrícula, datas e horas. Com uma batida de ponto por linha, é possível identificar com agilidade qualquer problema.

Privacidade e segurança

No mobile, o Agile Promoter é tão seguro quanto a versão web e mantém a privacidade das informações do colaborador antes de iniciar a jornada e após bater o seu ponto de saída. O aplicativo suspende qualquer tipo de interação como troca de mensagens, envio de pesquisas e dados de localização geográfica por GPS.

O software permanece em modo stand by, ou seja, não cria registros, até que o próprio colaborador acione o seu ponto de entrada no trabalho.

O ponto eletrônico do Agile Promoter é uma excelente ferramenta para empresas que possuem funcionários CLT em campo e querem gerenciar de forma mais apurada o desempenho deles, prevenindo problemas trabalhistas.

Este controle, além de trazer segurança para o empregador e para o empregado, aumenta a eficiência da sua equipe e consequentemente melhora a imagem da sua empresa/produto perante seu cliente.

Para mais informações ou contato com um consultor especializado acesse o banner logo abaixo.

14 comentários
0

14 comentários

Érica Ferreira Rafael 5 novembro, 2019 - 14:56

Boa tarde!

Tenho interesse em conhecer o trabalho de vocês.
Para empresa onde trabalho, registrar o ponto no celular seria bem interessante, pois trabalhamos com obra.
Gostaria de um retorno de vocês para vermos orçamento e como funciona.

Reply
Juliana 25 outubro, 2019 - 11:00

Obrigada, é a informação que eu procurava sobre relogio de ponto

Reply
Evilásio Santos 1 outubro, 2019 - 10:50

Como garantir que o trabalhador não esteja sendo monitorado fora de seu horário de expediente? Sendo o celular um objeto pessoal, o trabalhador pode ser obrigado a instalar esse app pra controle de seu ponto?

Reply
Celso 25 setembro, 2019 - 20:47

E o comprovante do empregado fica aonde ? Se o funcionário se recusara a instalar no aparelho dele eu não posso obrigá-lo correto ? Tenho de comprar um smartphone para o funcionario ? A melhor maneira seria deixar um ponto eletronico fisico na empresa para quem nao quiser instalar o aplicativo ou nao tiver um smartphone correto ?

Reply
wellison 6 fevereiro, 2019 - 19:13

tenho interesse tb em conhecer os serviços e como adquirir pra minha empresa

Reply
Jana Meneghel
Jana Meneghel 13 fevereiro, 2019 - 08:24

Oi, Wellison! Um representante da nossa equipe comercial entrará em contato para entender melhor as suas necessidades, tá? Obrigada pelo contato!

Reply
Filipe Pinheiro 8 novembro, 2018 - 16:59

Tenho interesse em conhecer o sistema

Reply
Letícia Mathias
Letícia Mathias 9 novembro, 2018 - 10:24

Oi, Filipe. Um de nossos consultores entrará em contato com você para te explicar melhor como funciona o Agile!

Reply
Diego Mendes 16 outubro, 2018 - 12:09

Olá, é possível utilizar apenas um aparelho celular para monitorar uma equipe com mais de uma pessoa?

Reply
Vinicius Duarte
Vinicius Duarte 16 outubro, 2018 - 13:47

Boa tarde, Diego. Cada colaborador utiliza um smartphone. Um de nossos especialistas em trade marketing, o Paulo Guilherme, entrará em contato para conversar sobre dúvidas e entender melhor o seu cenário. Sucesso para a sua operação. Forte abraço!

Reply
Denis 13 setembro, 2018 - 10:24

Show de bola! Existe o Let’s Work, ele faz o registro de ponto via reconhecimento facial e geolocalização. Funciona tanto para iphone quanto android. Vale a pena conferir http://www.letswork.com.br

Reply
Vinicius Duarte
Vinicius Duarte 13 setembro, 2018 - 10:49

Muito interessante a proposta da Let’s Work, Denis. Obrigado por compartilhar conosco!

Reply
Matheus 15 maio, 2018 - 18:32

Não sei se o programa está detalhado, mas como garantir que o funcionário já esteja no local realizando as atividades?? Na saída ?? Além.do ponto, o aplicativo deveria mostrar a localização de onde ele está quando abrir o ponto de mesma função na saída.

Reply
Vinicius Duarte
Vinicius Duarte 13 setembro, 2018 - 11:12

Olá, Matheus. O Agile Promoter possui a função GPS, que dá garantia para a companhia em relação à informação que você indica em seu comentário. Se quiser conhecer os recursos do sistema, acesse https://agilepromoter.com/

Reply

Deixe seu comentário