3 dicas que todo coordenador de trade marketing deveria saber

escrito por Última atualização: 9 abril, 2019
3 dicas que todo coordenador de trade marketing deveria saber

Pode parecer clichê sempre começar meus textos do Clube falando sobre como estudar trade marketing e o trabalho do coordenador de trade marketing é importante, mas é que fica difícil fugir dessa máxima neste contexto complexo.

Se você tem acompanhado as postagens por aqui, já teve uma ideia básica sobre a história do trade marketing e se aprofundou no conceito de merchandising, certo?

Entender o papel de um coordenador é também se aprofundar um pouco em como o trade marketing funciona na prática. É nesta etapa do processo em que se respira estratégia.

Primeiro, vamos ao conceito. Se você fizer uma busca rápida na internet vai encontrar a definição da função de um coordenador de trade marketing:

coordenador de trade marketing

Se você é novo na área ou está aprendendo mais sobre o setor, fique tranquilo, isso é comum. Especialistas entendem que a principal função do coordenador de trade marketing é buscar oportunidades de negócios e conseguir fazer movimentações internas na empresa. Tudo isso com o intuito de bater as metas e aumentar as vendas de forma planejada (evitando rupturas de estoque).

A Tool Box, empresa especializada em shopper e consultoria em trade, entende que o coordenador de trade marketing é “provavelmente a pessoa que mais faz reuniões de alinhamento na empresa.”.

Isto porque é ele quem deve estar por dentro de todo o processo e organiza (em conjunto com outros departamentos) o planejamento de trade marketing. Neste contexto existe uma realidade inconveniente. O índice de turnover na área é bastante alto.

1 - O TRADE MARKETING AINDA É UMA NOVIDADE A SER EXPLORADA

O trade marketing ainda é uma atividade recente quando pensado no mercado tradicional, não são todas as empresas que tem a cultura de inovação para investir nessa área. 

É preciso ter a compreensão que o trade marketing trabalha entre os setores de marketing e vendas, não tem como pensar num e excluir o outro. A sinergia de vendas e comunicação é o que move o trade. 

Se o responsável pela área não entende qual o rumo e por onde começar, a migração falha para um dos lados não é rara. É preciso pensar antes de movimentar cada peça, como em um jogo de xadrez. 

Mas pior que dar um passo em falso é não sair do lugar. Ou em outras palavras: a concorrência não espera, movimente-se também!

2 - COORDENADOR DE TRADE MARKETING TAMBÉM ERRA

Para ser um coordenador de trade marketing de sucesso é preciso decidir, fazer, tentar, participar, descer do muro e assumir posições com coragem e confiança.

Errar, não só é humano como necessário. O crescimento, o desenvolvimento, a aprendizagem se fazem muito mais através da análise de nossos erros do que pelos nossos acertos. É preciso ter a coragem de errar. É assim que se adquire a experiência tão buscada pelos grandes líderes e gestores.

É claro, também, que falamos de errar e aprender com o erro. Não repita o erro!

2 - CONHECIMENTO DE EMPREENDEDORISMO E GESTÃO

Este perfil do profissional de trade permite que a pessoal busque autonomia para crescer e se desenvolver dentro e fora da empresa. Neste caso a empresa e seus gestores precisam entender que esta pessoa pode se tornar empreendedora dentro da empresa em que se propôs trabalhar. Para isso é preciso encontrar formas de manter um colaborador com visão avançada.

Podemos dizer que a principal parte prática do trade é o merchandising. É neste momento que se aplicam em campo as ações estratégicas articuladas previamente. Por isso, é fundamental estabelecer um padrão.

É a gestão de trade marketing que vai lidar diretamente com merchandising na tomada das decisões nos canais de distribuição e também é o gestor quem irá definir como será a estratégia de marketing. Além disso, é este profissional que lidera as decisões relacionadas ao shopper.

Resumindo, exercer o trade compreende quatro pilares: estratégia, tática, operacionalização e suporte à decisão

coordenador de trade marketing

Como todo bom profissional do trade marketing, você já tem em mãos o seu guia de execução. Assim, vai ficar ainda mais fácil desenvolver suas ações no dia a dia.


Guia de Execução - Merchandising

[eBook] Guia de Execução

Como aliar estratégias e trabalho de campo.

Deixe seu comentário